DOAÇÃO DE DOCUMENTOS        PARCERIAS        SÓCIOS        CONTATO    
    HOME        ARQUIVO        NÚCLEOS        IMIGRAÇÃO        PUBLICAÇÕES        NOTÍCIAS        BUSCA    
   Instituição      Histórico      Acervo      Atividades      Realizações      Exposições      Organização      Localização      Fale conosco   
 

ICA (Jewish Colonization Association)
 
 
Associação Internacional
A Jewish Colonization Association foi fundada em 1891 pelo Barão Hirsh com a finalidade de prestar assistência a imigrantes judeus que tinham a premência de emigrar de seus países de origem, em especial da Europa Oriental (onde geralmente eram oprimidos ou perseguidos), para países com melhores oportunidades de vida. A JCA tinha como objetivo encaminhar os imigrantes para países que demandassem, estabelecendo-os em colônias agrícolas.

Inicialmente os principais destinos dos imigrantes auxiliados pela JCA eram a Palestina e Argentina. Essa última, que contou com uma boa aceitação por parte do governo local, constituiu-se no objetivo final de judeus provenientes de diversos países.

A JCA também passou a atuar no Brasil , tornando-se conhecida como ICA (cerca de 10 anos depois da Argentina), fundando, a partir de 1904, colônias agrícolas no sul do país, no estado do Rio Grande do Sul.

A primeira colônia, denominada Philippson, recebeu cerca de 38 famílias provenientes da Bessarábia (na época, fazia parte da Rússia).

Com o aparente sucesso da primeira colônia, a JCA adquiriu em 1909 a fazenda Quatro Irmãos, na região de Passo Fundo. Os primeiros imigrantes se estabeleceram nessa colônia a partir de 1911, e eram provenientes da Argentina e Bessarábia. Os primeiros anos da Quatro Irmãos foram promissores e, às vésperas da Primeira Guerra Mundial, ela contava com 350 famílias.

Até 1923, a Quatro Irmãos se mostrava como uma colônia progressista que confirmava as possibilidades de uma colonização agrícola no Brasil. Porém, nesse mesmo ano, estourou a revolução no estado sulino, provocando uma verdadeira ruína no empreendimento. O banditismo passou a ser uma constante na região e, os colonos abandonaram suas terras em busca de maior segurança, principalmente nas proximidades de Porto Alegre. A situação perdurou até 1924, levando a ICA a fundar uma colônia no Uruguai para o estabelecimento dos imigrantes saídos de Quatro Irmãos.

A vinda do Rabino Isaías Raffalovich e sua atuação junto à coletividade e às entidades foi decisivo. Foram construídas escolas e incentivada a vinda de professores especializados. Também houve um incremento na divulgação da colônia e na obtenção de apoio de instituições internacionais.

A colônia voltou a prosperar, principalmente em fins de 1927 e início de 1928. Mas com a revolução de 1930, uma nova catástrofe se abateu na região, provocando novas invasões de terras e trazendo um enorme prejuízo aos colonos.

Finalmente uma nova experiência da JCA se daria no Estado do Rio de Janeiro, em Rezende, com judeus foragidos do nazismo alemão.


Fundo da ICA
Incorporado ao Arquivo Histórico Judaico em 1976, o fundo da ICA contem documentação relativa aos projetos da colonização agrícola judaica no Brasil. Inicialmente com a colônia Phillipson, a partir de 1904, em seguida com a Quatro Irmãos (ambas no Rio Grande do Sul) e com a colônia Barão Hirsh, em Resende (no Rio de Janeiro).

Embora essas colônias não tenham perdurado, um estudo aprofundado dessa documentação revela uma compreensão melhor do fenômeno contemporâneo da imigração judaica da Europa Oriental e as tentativas feitas para ordenar o estabelecimento dos judeus em territórios do Novo Mundo.

O trabalho de organização do fundo ICA procurou se manter fiel à estrutura administrativa da instituição e ao arquivamento original da documentação. Assim, os documentos foram mantidos na ordem em que foram encontrados. A correspondência da instituição mantém-se na ordem que estava nas pastas da ICA. Os dossiês também foram conservados. Há outras séries que agregam documentos de tipologia variada: advogados, colonos, etc.

O fundo da ICA está disponibilizado para acesso ao pesquisador, sendo que o trabalho de organização pôde ser aperfeiçoado através da elaboração de um inventário sumário, sem alteração das séries que compõem o acervo.

Acervo: 
  • Acervo do AHJB
  • ICA
  • Ezra
  • Soc. Beneficente das Damas Israelitas
  • Entidades Beneficentes


    1. Philippson - 1922
    2. Philippson - escola
    3. 4 Irmãos - chegada
    4. 4 Irmãos - estação
    5. ICA - Rabino Raffalovich
    6. ICA - década de 20

     Copyright © e termos de uso